TELE VENDAS (55) 3221-9316

WHATSAPP (55) 9 9218-9375

Chapéu Maidana Corazón de Potro

Ref.: 4532 Em Estoque
Chapéu Maidana Corazón de Potro -small-0 Chapéu Maidana Corazón de Potro -small-1 Chapéu Maidana Corazón de Potro -small-2
Chapéu maidana Corazón de Potro modelo argentino confeccionado em 100% pêlo de lebre de alta qualidade e fino acabamento. Copa e aba medindo 10 cm. Arremate interno com fibra de elastano, extremamente macia, que garante o conforto no uso.
Ver mais detalhes
R$ 798,80
em até 3x de R$ 266,27

Tamanho
Cores Chapéu Marrom

Avise-me

Condições de Pagamento


Calcular Frete

Condições de Pagamento

Número de Parcelas Valor
� Vista R$ 798,80
Número de Parcelas Valor
� Vista R$ 798,80
2x sem juros R$ 399,40
3x sem juros R$ 266,27

Descrição do Produto

  • O CHAPÉU CAMPEIRO DO GAÚCHO...

Os portugueses trouxeram dois tipos de chapéu: o de feltro, de copa alta, e o de palha, comumente chamado de "abeiro". O chapéu de feltro era caro, usado normalmente por homens de posse. O de palha era do homem comum e da gurizada das estâncias.
Após a guerra, a copa do chapéu de feltro vai se achatar e a aba do chapéu ficará mais larga, tomando as formas que o chapéu campeiro gauchesco ostenta até hoje, invariavelmente preso por um barbicacho que passava por baixo do queixo ou abaixo do lábio inferior. O barbicacho surgiu pela necessidade de fixar o chapéu a cabeça, durante o ato de cavalgar, sobretudo nas galopadas. O chapéu do tropeiro sempre foi característico: para não juntar água em caso de chuva, a copa era e ainda é amassada em forma de pirâmide. O gaúcho da fronteira gosta de usar o chapéu de feltro com abas mais ou menos retas. Já o gaúcho serrano tradicionalmente usava o chapéu desabado na frente e atrás.

O chapéu Maidana é confeccionado na Argentina, desde 1972. O modelo Corazón de Potro é fabricado pela Casa Maidana, família tradicional na fabricação de chapéus, estando no ramo desde 1923.

É confeccionado em 100% pelo de lebre, o que o torna impermeável, possui aba de 10 cm.

O chapéu é peça fundamental na pilcha do gaúcho, pois além de proteger a cabeça do peão, na rotina diária da lida de campo, é exigido em rodeios pelo MTG.

  • CUIDADOS GERAIS COM OS SEUS CHAPÉUS...

⇒ Não o toque com as mãos sujas ou oleosas.

⇒ Pegue-o sempre pela parte de dentro da copa, nunca pela aba, pois deste modo pode quebra-la 

⇒ Guarde-o dentro de uma caixa para que a sua forma natural não se altere, protegendo-o do pó, umidade e exposição ao sol.

⇒ Limpe a seco: para remover a poeira basta utilizar uma escova macia no sentido da orientação das fibras. Uma toalha úmida também poderá ser utilizada para remover o pó. Suavemente, esfregue a toalha umedecida num movimento circular anti-horário sobre a superfície suja para remover rapidamente o pó.

⇒ Não passar: não se deve passar as abas do chapéu com sistemas caseiros

⇒ Não expor o produto a temperaturas maiores que 50°C, pois altas temperaturas deformam alguns componentes de composição. Por esse motivo, não se deve colocá-lo sobre fontes de calor.

⇒ Em caso de molhar: deixar secar a temperatura ambiente, colocando em uma posição que não altere sua forma original.

⇒ Não empilhe seu chapéu, pois poderá deformá-lo.

⇒ Use as técnicas de vapor, como a do ferro de passar roupa, dão forma ao chapéu, conforme o gosto do peão ou prenda. Ou caso o seu chapéu de feltro caso amasse.

  • COMO SABER O TAMANHO DO SEU CHAPÉU...

Passe a fita métrica ao redor da cabeça na altura da testa.
e dois dedos acima da orelha. O resultado em centímetros será o tamanho ideal.

Caso ainda reste alguma dúvida, procure optar sempre por um número acima. As medidas da tabela correspondem a circunferência do lado interno do chapéu, o que fica em contato com a cabeça.

Medidas em CM

53 - 54

55 - 56

57 - 58

59 - 60

61 - 62

Tamanho

4

4,5

5

5,5

6

 


Dimensões da Embalagem

Largura 30.00 cm
Altura 20.00 cm
Comprimento 30.00 cm

Quem comprou este produto, também comprou


Comentários sobre este produto

Comprou este produto e tem uma opinião?

Ainda não há comentários pra este produto, seja o primeiro a comentar. Fazer login